terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Toma-me - Hilda Hilst




Toma-me
Hilda Hilst
 
A tua boca de linho sobre a minha boca Austera.
Toma-me AGORA, ANTES
Antes que a carnadura se desfaça em sangue, antes
Da morte, amor, da minha morte, toma-me
Crava a tua mão, respira meu sopro, deglute
Em cadência minha escura agonia.
Tempo do corpo este tempo. Da fome
Do de dentro. Corpo se conhecendo, lento,
Um sol de diamante alimentando o ventre,
O leite da minha carne, a tua
Fugidia.
E sobre nós este tempo futuro urdindo
Urdindo a grande teia. Sobre nós a vida
A vida se derramando. Cíclica. Escorrendo.
Te descobres viva sob um jogo novo.
Te ordenas. E eu delinqüescido: amor, amor,
Antes do muro, antes da terra, devo
Devo gritar a minha palavra, uma encantada
Ilharga
Na cálida textura de um rochedo. Devo gritar
Digo para mim mesmo. Mas ao teu lado me estendo
Imenso
De púrpura. De prata. De delicadeza.

0 comentários:

Yoga Namaskar - Aprenda sobre Yoga!

Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget

Meus Blogs Amigos - Vale visitar...

Selinhos

Selinhos
Blog Brindes do Rei

Blog Amigo do Paixão Por Livros

Blog da Ana

Ganhei este selinho da Jacke do Blog Atitudes Positivas

Esse "Yoga Cat" eu ganhei da minha amiga Márcia

Esse selinho eu ganhei da Ana do "Pelos Caminhos da Vida"

Recebi da Jakeline do blog Jakeline Magna... Tudo às Claras!!

On-Line

De onde vem as visitas

Live Traffic Feed

Quem passou por aqui...

 

Blog da Vick Copyright © 2008 Green Scrapbook Diary Designed by SimplyWP | Made free by Scrapbooking Software | Bloggerized by Ipiet Notez